Não sou artesã e nem faço artesanato??

Ahhh pois é... nunca gostei de dizer que fazia artesanato mesmo!!!! O QUE VOCÊ PENSA QUANDO OUVE  ALGUÉM DIZER QUE FAZ ARTESANATO...

Ahhh pois é... nunca gostei de dizer que fazia artesanato mesmo!!!!


O QUE VOCÊ PENSA QUANDO OUVE 
ALGUÉM DIZER QUE FAZ ARTESANATO?

Talvez você pense que a pessoa faz crochê, cadernos costurados mega lindos, bijuterias super lindas, com um toque pessoal. E quem sabe, aqueles buquês maravilhosos de flores de tecido? E passarinhos fofos para colocar no topo do bolo!

Mas também, pode ser que você pense que a pessoa borda pano de prato, faz anel de coco, ou aquelas bijuterias com penas, e  muuuito mais coisas que a gente pode pensar.

Mas...
O QUE OS OUTROS PENSAM 
QUANDO VOCÊ FALA QUE FAZ ARTESANATO?

Eu acho que eles pensam em pano de prato bordado, pintado, com barrado de crochê. Que eu faço chinelos bordados com miçangas, bijuterias, brinquedos de garrafa PET, etc.

Acho que pouca gente, ou quase ninguém, pensa que eu pego papéis lindos ou nem tanto e transformo eles num caderno super fofo pra guardar as lembranças mais legais da vida. Um álbum de fotos ou um caderno de memórias (SmashBi).

NO FIM DAS CONTAS, ESTÁ TODO MUNDO ERRADO!

Pois é.. eu disse que não gostava de dizer que fazia artesanato mesmo!! Não gosto bem por isso, porque as pessoas não conseguem imaginar a coisa certa quando eu digo isso. E agora, descobri que não faço artesanato mesmo. Não sei... acho que descobri. A coisa ainda é meio confusa pra mim.

Olhem só o que esses trechos do Programa do Artesanato Brasileiro dizem:

" O artesanato é uma das mais ricas formas de expressão da cultura e do poder criativo de um povo. Na maioria das vezes, é a representação da história de sua comunidade e a reafirmação da sua auto-estima. " Pág. 5 - E aí? "expressão da cultura"? Não sei! "do poder criativo"? Aí sim! Mas e a parte da "representação da história de sua comunidade"? Não de novo, né?

Artesão "É o trabalhador que de forma individual exerce um ofício manual, transformando a matéria-prima bruta ou manufaturada em produto acabado." Pág. 11 - Sei que papel não é matéria prima bruta e acho que a maior parte dos papéis que eu uso não é manufaturado (feito à mão), então de acordo com isso, não sou artesã.

E mais "[...] criando ou produzindo trabalhos que tenham dimensão cultural, utilizando técnica predominantemente manual, [...]" Pág. 11 - A parte da técnica predominantemente manual? Confere! hahaha Mas e a parte da "dimensão cultural"? Ahhh, aí não sei!!

"Não é artesão aquele que: [...] Realiza somente uma parte do processo da produção, desconhecendo o restante." Pág. 11 - Pois é, não é? Um exemplo: quando eu compro um caderno pronto e decoro só a capa. Ai vida!!

"Não é ARTESANATO: - Trabalho realizado a partir de simples montagem, com peças industrializadas e/ou produzidas por outras pessoas;" Pág. 12  -  Pensando nas coisa que eu faço, sei que não é "simples montagem", mas o resto todo é verdade!! Bom, as vezes eu uso peças que eu mesma fiz, mas com papel que os outros fizeram, e com carimbos que os outros fizeram, e com tinta que os outros fizeram. E o nó na minha cabeça só aumenta!!!

"No Artesanato, mesmo que as obras sejam criadas com instrumentos e máquinas, a destreza manual do homem é que dará ao objeto uma característica própria e criativa, refletindo a personalidade do artesão e a relação deste com o contexto sociocultural do qual emerge." Pág. 12 - Nessa parte aí, até que consegui me enxergar.

Não sei vocês, mas lendo tudo isso, e pensando principalmente na parte de expressão cultural, acredito que o que eu faço, não é artesanato. O que vocês acham?

Mas por favor, hein? A conversa aqui foi sobre o conceito de artesanato brasileiro. Foi CONCEITUAL! Não estou criticando, nem falando mal, nem com vergonha, nem nada do tipo. Por favor! Não vão entender errado.

Fiquei com vontade de estudar mais sobre esse assunto. Por que? É que eu estava/estou procurando um termo, uma expressão, que consiga explicar o meu trabalho quando alguém perguntar o que eu faço. Eu poderia dizer que sou micro empreendedora individual (MEI), mas isso não explica o que eu faço. Poderia dizer que sou uma empreendedora criativa, mas isso também não explica. Pois é... ainda estou procurando.

No final de tudo isso, se não sou artesã, ou que eu sou? Aguardem o próximo post. =D hahaha

E agora, vamos bater um papo sobre isso aqui nos comentários?





Acho que você vai gostar desses posts

29 recadinhos

  1. Adorei o post! E concordo muito! Empreendedora Criativa me remete a Rafa Capai Hehehe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh pois é, aprendi com ela. hahaha Adoro esse termo e super me identifico com ele. =D

      Excluir
    2. Fã das duas! De voce e dela!

      Excluir
  2. Sinceramente, Gabi, ainda procuro tbm... mas, discordo frontalmente com o discurso desse programa!! Parece discurso ideologizado de esquerda!!!!! (kkkk) Por que devo refletir a expressão do povo ou comunidade e não só a minha expressão artística?!! Acho o dicionário mais feliz: "arte e técnica do trabalho manual não industrializado, realizado por artesão, e que escapa à produção em série; tem finalidade a um tempo utilitária e artística." Mas... continuemos à procura do termo que defina nossa atividade!!! Bjks carinhosas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai El, essa procura é dura, né? hahaha Mas uma hora a gente chega lá. E essa definição que vc deu é muito linda. Adorei! =D

      Excluir
  3. Gabi,
    Faço trabalhos manuais, mas não considero artesanato!
    Acho que o termo artesanato está relacionado a matérias-primas brutas, mesmo!
    Além disso, não sou artesã! Sou designer (de interiores, mas sou...)!
    Rs
    Beijos,
    Dani.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani! Agora que li essas coisas, concordo com vc. Faço trabalhos manuais. E adorei ter certeza do termo.
      Ai que massa que vc é designer. Acho lindo! =D
      Bjooos

      Excluir
  4. Ai Gabi tão difícil esse tema. Me identifiquei total. Quando falo que faço Scrapbooking aí que a coisa complica...pois o scrap não é conhecido, ainda mais um termo em inglês."Sss o que?"
    E penso a mesma coisa, quando falo que faço artesanato ou que dou aula de artes, ou vão imaginar tudo que falou, ou que faço educação artística escolar...tudo, menos recortes de papeis!!!
    E parece que precisamos de um "título" apropriado para "legitimar" nossa arte...hahaha...a louca...vai saber!??

    Beijos¨*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil, né Lu? É dureza falar uma coisa que as pessoas nem fazem ideia do que é. hahaha Mas a luta continua e uma hora nossa arte vai ser conhecida por todo mundo. Torcendo aqui. kkk Bjooos

      Excluir
  5. Na minha monografia de faculdade, eu escrevi sobre arte popular. Na época, eu entrevistei um artista popular e perguntei a ele, como ele enxergava a diferença entre o trabalho dele e o artesanato. E ele me respondeu, que ainda que não seja um produto industrializado, o artesão produz em série, e seu trabalho não é assinado. E que na arte, o artista produz uma peça única e assina, e algumas vezes até data suas obras. Tenho um dicionário de artes plásticas, vou ver a definição lá e te falo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Ju. Tem essa diferença também entre artesão e artista. É tanta coisa pra gente pensar, né? Mas eu adorei dar uma lida sobre isso e ter pelo menos a certeza de que artesã eu não sou. Agora falta eliminar o resto pra tentar ver o que eu sou. kkkkkkkkk Vida dura!! Isso, me fala a definição que vou adorar. =D
      Bjoos

      Excluir
  6. Gata, o que vc faz é Design!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha fiquei me achando agora! Com o gata e com o design. Obrigada Katya! <3

      Excluir
  7. Verdade, eu não me identifico como artesã... Mesmo sem nunca ter pensado sobre o assunto, me remetia a algo mais cultural e popular, meio feira de rua, meio rustico, mais como algo beneficiado do bruto, do natural, ou ligado às coisas da vovó, que passaram de geração em geração.


    Nos meus perfis me intitulo como webdesigner por formação, crafter(porque tava na moda, mas pelo que diz o blog Superziper que craft "é o artesanato moderno, com referencias da internet.[...] Crafters são artesãs com um novo perfil [..] (com) uma paixão por atividades manuais criativas. Gente que gosta de por a mão na massa e criar seus próprios objetos. Elas estão conectadas na rede para aprender técnicas, se inspirar e compartilhar idéias. Blogar muitas vezes também faz parte da rotina destas artesãs conectadas, bem como trocar informações com outras crafters que estão em outras cidades e até outros países." http://www.superziper.com/2011/04/o-artesanato-invadiu-a-web.html )
    E o termo empreendedora criativa, que as vezes uso também, que tem muito da Rafa Cappai, acredito muito que defina em parte o que as "pessoas" às quais vc se refere em parte são, porque a produção manual exige criatividade e se a pessoa tem a intenção de se viver disso, empreender faz parte de todo negócio.
    Beijos!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me identificava, mas achava que não combinava muito. E agora tenho certeza! Eu vi esse post no Super Zíper, mas não concordei muito. Não acho que crafter são as novas artesãs. Porque os antigos ainda existem. hahaha Acho que crafter está ligado a trabalhos manuais. Que vai ser o tema do próximo post sobre esses assuntos.
      Eu não falo que sou empreendedora criativa porque sei lá, assim, sei que sou. Mas se eu falar a pessoa não vai entender do mesmo jeito. Mas está escrito aqui na minha bio no final do post. hahaha
      Bjooos

      Excluir
    2. Então, verdade, eu usei mais no meu perfil profissional, ate pq jah estavam me chamando de empresária kkkk e ninguem entende mesmo, eh muito engraçado a gente ficar explicando o que a gente eh...

      Excluir
  8. Complicado demaaaais, não gosto de colocar nomes em inglês pra o que eu faço, e artesanato acho que não encaixa mesmo, na verdade não sei, vc levantou uma boa questão hahhahaha lá no meu instagram coloquei artesanato pq não encontrei outra coisa, mas nem sei o que o povo imagina...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem complicado né? Quem sabe o próximo post vai te ajudar um pouco. Me ajudou a ter mais clareza e algumas ideias. =D A parte do inglês, não me incomoda. E eu tbm uso artesanato lá no insta. To usando a #artesanato. hahaha Que é pro povo me achar. Mesmo que o conceito esteja errado, quase todo mundo usa, então tá valendo pra ajudar a divulgar. hahaha Bjooos Alline!

      Excluir
  9. Achei muito interessante....... é uma questao complicada kkkkkk. Qdo me perguntam o q eu faço, eu respondo q faço álbuns, agendas personalizados pq fica mais fácil de explicar kkkkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha Fica mais fácil mesmo. Também falo essas coisas.

      Excluir
  10. Aiiiin, deu nó na minha cabeça também.

    Eu faço scrap, mas me identifico como artesã pq mesmo usando outros materiais, a montagem é manual, eu transformo a matéria prima em algo, mas e agora? Grudei as placas aqui!

    Há um tmepinho eu fiz um texto no meu blog sobre acharem que artesão é coitadinho.

    http://www.amordepapel.com/2015/11/nao-somos-coitadinhos.html

    Mas se não sou artesã, o que sou?

    Hahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá né Julia? hahaha Se você não é artesã, fica de olho pra ver o próximo post. =P Acho que ele vai ser legal também.
      Eu vi seu post. E essa coisa de coitadinho é triste, né? =( Mas vamos que vamos!
      Bjoooos

      Excluir
  11. Vc levantou uma boa questão. Nunca parei para pensar nisso profundamente. Eu gosto muiiiito de artesanato. Mas lendo o que vc escreveu entendo que não sou artesã. Gostei do que a Carla Cristina escreveu. Mas gosto muito da expressão: Artista. Sou artista. Adorei o texto Gabi. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta!! Eu adoro pensar que sou artista. kkkkkkk E acho que a gente é mesmo, né? Que bom que vc gostou do post. Obrigada!! Bjooos

      Excluir
    2. Gabi, a gente ouve tanto que não da pra colocar tudo em caixas, que a criatividade eh pensar fora da caixa,pensando por esse lado a gente nao precisa de rótulo hahaha

      Excluir
  12. Oi Gabi! Não estou comentando sempre, mas dou um pulo aqui sempre que dá, mesmo com a vida corrida! Gostei muito do seu post e já me perguntei isso várias vezes também. Eu gosto do termo "crafter" em inglês, que não se refere só àquela pessoa que faz artesanato como o descrito em sua citação, mas também engloba tudo aquilo que é feito à mão ou customizado sobre uma idéia! Até achar termo melhor, acho que fico com esse!

    ResponderExcluir
  13. Já falaram sobre isso lá em cima, agora me sinto nada original :P

    ResponderExcluir
  14. É complicado mesmo haha agora fiquei com essa intriga aqui. Gostei de saber o verdadeiro significado da palavra "artesanato", mas com isso também percebi que não sou artesã... ai ai ai...
    Como as meninas disseram aí em cima, alguns termos em ingles são boas definições. "Crafter" ou "scraper" são termos legais e que eu gosto muito... mas se disser isso pra alguém que não conhece muito essa área, não vão entender mesmo haha
    Por enquanto eu tenho dito, quando perguntam, que faço albuns e cartões... tento explicar o que faço ao invés de definir o nome da profissão em si.
    Se descobrir, conta aqui hahaha vou adorar saber quem sou eu xD

    ResponderExcluir
  15. Quanto a diferença entre artesãos e crafters... há uma divergencia entre as gerações e com isso uma grande diferença cultural, a tecnologia permeia nossas vidas e se aparece em nossas expressões artísticas que não são nada menos que as dimensões culturais presentes lá no texto. O termo "artesanato" assim como qualquer palavra em qualquer língua esta suscetível a mudanças e adequações, então não cabe querer cristalizá-lo junto ao estereótipo da vovó fazendo suas artes na varanda de casa.
    E quanto ao manufatura é mais uma questão de adaptação do conceito. Ele começou sendo usado para designar a produção manual, mas com a revolução industrial ele passou a representar a produção em larga escala, ou seja a industrialização.
    Portanto, o artesanato é feito a partir de matéria-prima bruta e também industrializada. Tanto é que o próprio Programa do Artesanato Brasileiro traz um tópico inteiramente dedicado às matérias primas usadas no artesanato e o papel ta lá sim assim como a matéria prima reciclada, pedras, metais, madeiras e fios texteis.
    Gostei bastante da tua reflexão pq me fez pensar bastante na questão da definição e do olhar social sobre o artesão, principalmente sobre o artesão moderno. Se encaixando ou não na definição o fato é que fazes coisinhas lindas hehe.

    ResponderExcluir

Oi! Obrigada por vir deixar seu recadinho. Eu fico mega feliz!