Se você puder, faça o que você gosta!

by - fevereiro 10, 2020

 
Percebi uma coisa estranha.
No começo do ano eu comecei a mandar meu currículo para vários Cafés que eu adoraria trabalhar. Daí me perguntaram se eu estava mandando currículos. Eu disse que sim, mas falei: “você não vai gostar, mas são os lugares que eu quero trabalhar”. Depois que falei isso, eu percebi que eu estava meio que me justificando. Eu sei que esse não é o tipo de emprego que a pessoa gostaria que eu tivesse. Mas é certo eu sentir que preciso me justificar? Eu preciso ter um tipo de emprego só pra agradar aos outros? Isso é errado, não é?! A gente tem que ter o emprego que a gente quiser.
 
Certeza que você conhece alguém que não está feliz onde está! Mas essa pessoa passou tanto tempo estudando, os pais se sacrificaram tanto para ajudar a pagar os estudos, e agora ela vai largar esse emprego, essa perspectiva de carreira só para ser feliz? Claro que não, né?! Ela tem que fazer o sacrifício dela agora e aguentar esse trabalho, que traz mais dores de cabeça do que alegria.
Você conhece alguém que está numa situação como essa? Você está?

Eu consegui aqui em Praga trabalhos simples, sem glamour, mas que eu amei. Ainda não consegui ser formalizada, ter um contrato de trabalho certinho, ter a “carteira assinada”. Isso me deixou um pouco frustrada? Deixou e ainda deixa. Mas não teve um só dia em que eu fui trabalhar pensando, “ai que saco, não queria ir trabalhar hoje”. Teve dias que eu estava cansada e preferiria ficar dormindo. Mas esses todo mundo tem!

No meu trabalho novo, onde ainda não sou formalizada também (Deus ajude que isso mude) eu tenho duas colegas que me fizeram acreditar mais nessa ideia de que a gente tem é que ser feliz.

Uma delas estudou Economia, mas gosta tanto de comida que decidiu trabalhar com isso. Ela é a chef, ela cuida de todas as receitas e monta os pratos lindos.
A gente conversou sobre trabalhar num escritório e tal, e ela disse: “Nããão, aqui é bem mais legal! A gente tem música e comida.” Eu não poderia concordar mais.
A outra está largando o emprego, também desses de escritório. Ela disse, “o dinheiro é bom, mas não é bom pro meu coração.” Gente!!!
Como não admirar essas meninas? Eu quero ser assim! Seria legal ter mais dinheiro? Claro! Mas se não temos a necessidade e estamos felizes, acho que o sacrifício é inválido. Eu sou uma perseguidora de coisas fofas, de pequenas alegrias. Eu quero estar onde eu sou feliz. E enquanto eu puder perseguir esse sonho, eu vou.

Esses dias eu estava ouvindo o podcast da Amy Tangerine, Craft a Life You Love. No episódio 38, Cultive o que mais importa com Lara Casey, elas disseram uma coisa que eu gostei muito. Quando as pessoas perguntam qual é o próximo grande passo na carreira ou no negócio delas, elas dizem que estão felizes onde estão. Elas não acham que precisam de uma próxima grande mudança ou grande plano. Acho isso lindo! As vezes a gente acha que tem que ter mais, que tem que correr atrás de mais, mas a gente esquece de aproveitar as lindezas e as alegrias que estão bem na nossa frente.

Ouvi que eu tenho medo de um trabalho de escritório, que eu nem tentei e digo que não gosto. Que talvez eu tenha um problema. Talvez eu tenha, mas eu sou feliz com o meu trabalho de fazer comida. Eu sou uma fazedora de coisas, uma maker. Eu gosto de trabalhar com as mãos, isso me faz feliz. E ver as pessoas felizes quando a comida chega na mesa é a melhor parte. Quando eu vejo o prato pronto e ele está bonito e sei que a comida está gostosa, eu me orgulho, mas me orgulho mais ainda quando ouço “Uau!”. E eu já ouvi muitos deles!

You May Also Like

4 Comments

  1. Ahh,que texto lindo!Estou vivenciando isso... tentando buscar o meu caminho... encontrar algo que eu goste e deixar meu trabalho pra trás...espero um dia ter essa sensação de calmaria, fazendo o que gosto!

    ResponderExcluir
  2. Esse texto me encheu de esperanças de um dia poder ter a coragem disso. Sair do escritório e ser livre pra fazer uma das coisas que gosto.
    Obrigada♥

    ResponderExcluir
  3. Gabi vc arrasa, sempre!Em seus posts e em suas fofuras....
    Então continue sendo assim, feliz em fazer a vida das pessoas mais fofa também!!
    Beijo*

    ResponderExcluir
  4. Como eu queria ter essa coragem e não dar satisfação para ninguém e não precisasse de dinheiro affffffffffffff

    ResponderExcluir

Oi! Obrigada por vir deixar seu recadinho. Eu fico mega feliz!